terça-feira, 2 de fevereiro de 2010

BAIRRO BARROCAS - MOSSORÓ-RN

O bairro Barrocas surge na geografia local há muito mais tempo do que se imagina. Há livros que contam a história de Mossoró e dão conta de que no século XVIII havia várias fazendas instaladas nas margens do rio por proprietários de outros Estados. Dentre elas, a fazenda das Barrocas, de Domingos Francisco, figura entre as pioneiras naquela localidade, entre outras como as fazendas Santa Luzia e Barra de Mossoró, pertencente ao sargento-mór Antônio de Souza Machado. Na época, a população das fazendas era muito pequena, restringindo-se apenas aos vaqueiros, criadores e procuradores.A área do Barrocas, por muito tempo, teve essas características rurais, mas cresceu e se urbanizou, tendo sido considerado bairro na década de 60. Mas, os investimentos em infraestrutura demoraram a chegar à referida área, que até os dias de hoje sofre com problemas urbanos, como sujeira das ruas, constante inundação do rio e alagamento em épocas de chuvas, dificuldade de acesso a serviços públicos e índices de violência.A servidora pública aposentada Zélia Mota, moradora do conjunto Freitas Nobre, no Barrocas, lembra como era o acesso na década de 80, quando chegou ao bairro: "As ruas não eram calçadas, havia muito matagal e quando chovia passávamos com água nos joelhos. Lembro que até a primeira gestão de Rosalba o calçamento não havia chegado por aqui." Ela ressalta que, por seis anos, esteve como presidenta do conselho comunitário do referido local. CARACTERÍSTICAS
No relatório de caracterização do Município consta que o Barrocas é um bairro predominantemente residencial com padrão construtivo de baixa renda. Está em uma área de 3.959,690m², dos quais 1.990,922m² permanecem vazios, ou seja, 50,3% do bairro ainda tem potencial de ser ocupado.A maioria das ruas são calçadas, há escolas municipais e estaduais e recentemente a população pôde contar com os serviços de saúde da UPA do Santo Antônio (zona norte). Apesar dessas melhorias, é visível que, em comparação com outros bairros da cidade, o Barrocas não tem recebido investimentos de infraestrutura há algum tempo.Uma das praças mais conhecidas do bairro está totalmente inutilizada, com brinquedos quebrados, lixo e matagal.As edificações são, em sua maioria, residenciais e o comércio é local, ou seja, atende as necessidades dos moradores do bairro. No entanto, é possível encontrar comércios variados e até mesmo indústrias dispersas em toda a sua extensão. Existem também várias edificações vazias.
VIOLÊNCIA
Em recente relatório da Polícia Militar, diante do número de ocorrências na cidade em 2009, o Barrocas surge como um dos quatro bairros com maior número de homicídios no ano transcorrido, ficando atrás do Santo Antônio, Alto de São Manoel (zona leste) e Belo Horizonte (zona sul).
FONTE - JORNAL DE GATO, EDITADO EM MOSSORÓ, 31/01/2009-DOMINGO

Nenhum comentário:

Postar um comentário